Laços por toda vida...

Vigente, amor que sinto,
Que o coração não cala,
Que em meu peito dispara,
Em juízo, ao veredito.

Passe o tempo de um relógio,
Jogue tudo para o ar,
O que mais vale na vida,
É poder te abraçar...

Nada mais importa,
Só o presente, o agora,
Importo que tenho você,
Na mais dificil das horas..

Sentes aquilo que sinto,
Sabes aquilo que sei,
Mas trago em meus escritos,
Meu amor por ti é lei...

Paro a cada instante,
Para pensar nos momentos,
De pequenos e poucos instantes,
Que atravessam meu peito...

És uma vida inteira,
És troféu que apresento,
Alegria que carrego,
Meu mais puro sentimento...

Descreves a minha vida,
Em cada parte que vou...
Que em cada parada minha,
Reforço o meu amor...

Minha mente se domina,
Meus olhos você fascina,
Um sorriso, uma sina,
Um destino...
Um laço, a minha vida...

Dedicada a: Natally Abreu, minha prima, minha vida!

3 comentários:

  1. Adorei a poesia...linda demais...
    Nat..vc merece mesmo....bjsss

    ResponderExcluir
  2. Prima sortuda, ganhou uma bela poesia

    ResponderExcluir
  3. Ela merece muito... Obrigada pelos elogios! Super beijos!

    ResponderExcluir