Lições de vida

Quando nascemos, não temos noção nenhuma de como agir, do que fazer, de como nos comportar ou coisa parecida se não tivermos uma orientação da família. Se não tivermos quem nos diga 'sim, não, certo e errado'. E aos poucos nos desenvolvemos, crescemos de novo, mais um pouco. Nós crescemos a cada dia. E, quando talvez tenhamos uma idade que consideram a certa, começamos a frequentar uma escola. Uma escola para aprender a ler, a escrever e as matérias que nos preparam para novas etapas estudantis, certo?

Nem tanto assim. Não entramos numa escola só para aprender matérias. Entramos numa escola para adaptar nossa vida às disciplinas que precisamos. Entramos na escola para aprendermos uma visão de mundo, uma formação de pensamento próprio, de caráter, de moral. E as teorias também não passam longe. Não passam longe por que tudo tem uma explicação. Mesmo para quem já se perguntou um dia 'para quê eu vou usar isso na minha vida?' Tem um sentido, eu aposto que tem. Mesmo que o sentido seja a falta que fazem as lições aprendidas.

Sabe? Acho que o professor é como a raiz das nossas descobertas. Principalmente, quando a gente tem alguma coisa que muita gente julga 'diferente' mas ele acolhe igual. Quando ele acredita no nosso potencial quando nós mesmos quase perdemos as esperanças. Eu agradeço a vocês, meus mestres, por terem fixado conteúdos na minha cabeça, por terem ensinado matérias muito exemplarmente, ensinado a pensar, a ser crítico, a ver as coisas mais a fundo que a superficialidade de um livro de papel. Vocês me mostraram que ensinam a vida, que preparam para o mundo, que constroem os sonhos e as realidades que vivemos hoje.

Eu agradeço a vocês por ter conseguido chegar onde cheguei. Por cada dificuldade e cada sucesso. Por cada realização e comemoração. Agradeço por estar aqui com o gosto de aprender. E espero que eu possa, em toda a minha jornada, ainda me sentir fortalecida pelas raízes que me formaram!

Larissa Mariano

Nenhum comentário:

Postar um comentário