Indivíduo ao individual


Let Me Be Myself by 3 Doors Down on Grooveshark

Não sei o quanto importa a individualidade hoje em dia. Não sei o quanto se replicam pensamentos alheios sem que sejam coniventes à alma de quem os publica.


Não tenho noção de número, porque eu nem fiz questão de contar. Escrevi aquele pensamento pra que muitos concordassem, discordassem, aplicassem ou ignorassem. Nunca me importei em compartilhar a minha expressão, tanto que o faço sempre.

Sou sincera em dizer que cópias me preocupam. Mas não fazem perder o sentido nem a importância dos meus próprios sentimentos, é só que vejo uma perda de essência tão desnecessária...

Acredito que dar o melhor de si não implica, necessariamente, em ser original, mas sim em respeitar os próprios limites, conceitos e até as crenças. É respeitar o que é da alma de cada um, é a diferença que nos faz "nós mesmos" e não "outros quaisquer".

A questão não é tanto com o outro, é um dilema consigo mesmo. É uma questão de fé em si mesmo, de saber até onde vão suas próprias barreiras. Dá pra conviver com pensamentos iguais, mas não com almas que expressam tão fielmente as palavras que, um por um, cada um por si, guardamos na alma. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário