Deixe-se, deixe ser...

Se for pra vida continuar assim, que seja leve. Que meus dias se preencham de felicidade, como pequenos detalhes que fazem de cada instante os melhores momentos de guardar para sempre. Que relembrar o passado jamais seja um peso, porque é inevitável que se tenha a certeza de levar consigo apenas o que é bom o suficiente para ficar.

Apesar de tudo, que o bom passado mereça prevalecer. Mereça ser trazido ao presente e seja sempre fortalecido. Que se estenda ao presente e continue, que não tenha um tempo pra medir. Que o único tempo que valha seja a eternidade. E que cada vivência a gente possa ter o orgulho de chamar de vida.

Mas que o tempo não se perca. Que cada segundo seja importante para as horas que se aprendem a contar. Que sempre se tenha tempo pra felicidade se manifestar, que seja fundamental ser feliz. Que a gente passe a acreditar que as coisas dão certo quando quisermos. Que os últimos segundos de um prazo também contem. Menos desespero. Mais paciência, mais paz.

Que a gente aprenda a segurar. A ter força e emanar segurança. É preciso ter fé, coragem e se encontrar com um sorriso no rosto para dar o próximo passo. É preciso dar valor aos seus motivos, é preciso deixar a vida levar, deixe acontecer e como tiver que ser será, só as coordenadas que cabem a nós.

Que a vida seja mais vivida como deve ser.


Que seja leve. E que, tudo o que tiver leveza o suficiente para trazer felicidade, tempo e vento algum leve.

Larissa Mariano

Nenhum comentário:

Postar um comentário