Um minuto por uma vida

Se um dia você chegar a se perguntar qual o verdadeiro valor da vida, pense em tudo o que te faz feliz. Pense na família que te apoia, nos amigos que te proporcionam carinho e bons momentos, nas pessoas que passam por você e deixam uma marca positiva, nos instantes que você vive e tem a certeza de que não vai esquecer nunca mais. Todas as lembranças que te trazem, as lágrimas nos olhos, os sorrisos que não conseguem se conter e transbordam da alma. Cada uma dessas coisas define o que é sua vida, o que de mais importante ela resguarda em cada momento que deixou levar.

Mas, e quando a vida em questão é a do outro? E não é de um outro perto, que você conhece, convive, sabe os gostos, a cor preferida, É de um outro que você esbarrou na história por acaso, que não conhece quase nada, que sabe tão pouco e, ao mesmo tempo, sabe o que precisa saber. É de um alguém que é pequeno demais pra saber o significado das palavras, mas que, com uma alma grandiosa, sabe pronunciar com um sorriso sincero a fé e a vida. A vontade de viver, a esperança. Um alguém que talvez fosse só mais um que você nunca ia conhecer, dentre tantos, mas que agora precisa contar com a sua vida para salvar a dela.

Uma menina, 8 meses. Prematura, precisando de um transplante de intestino porque o dela tem só 5 cm e não faz todas as funções que ela necessitaria. Uma criança que sorri pra sua vida apesar de tudo. Que entende o valor que tem cada mão estendida que chega, que com certeza sente o amor que emana de orações e pedidos por ela. Marina. Uma Marina que tem a mesma força de um mar inteiro, que tem suas ondas quebradas todos os dias, que resiste em uma força natural, dentro desse pequeno coraçãozinho dela. Uma Marina que tem força para se agarrar à vontade de continuar nesse mundo sem soltar, sem fraquejar. Lutar por uma vida que é tão particular e tão de todo mundo ao mesmo tempo...

#ajudemarina
E surge a pergunta; "Você doaria sua vida?" Não falo de doar a vida inteira, não. É de doar a sua marca, a sua consciência, a sua fé. De contribuir com o que você pode para os 2 milhões de reais que ela precisa pra chegar até os Estados Unidos, fazer a cirurgia e viver. Você doaria um minuto da sua vida? Um minuto basta pra ela viver uma vida inteira, completa e feliz. Não posso dizer que ela chegue a conhecer todos que deram esse pouquinho de vida, essa doação. Mas ela vai sentir os resultados, ela vai sorrir e vai cativar cada um que ajudou. Ela vai viver, vai crescer. E esse um minuto de vida que você usou pra ela? Esse é aquele que agiganta ainda mais a tua alma!

Para ajudar a Marina:

Luiza Stella Correia Ferreira (mãe da Marina)
CPF: 976.328.995-53

Banco do Brasil
Ag. 1603-9
CC: 17468-8

No Instagram: @luizastellaaju
No Facebook: Ajude Marina

Larissa Mariano






2 comentários:

  1. Me emocionei!!!! Lindo....Bora ajudar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcia!!! Muito obrigada por estar sempre ajudando e agora mais ainda com essa causa tão linda! Beijo!

      Excluir