adiante.


Fonte: Pinterest


Superação. No dicionário, encontramos como ato de superar, vencer, alcançar. 

Superar, alcançar, conseguir, vencer. No dicionário, sinônimos. Na vida? Metas. Superar não é descobrir-se incapaz de algo e realizá-lo no tempo seguinte. Superar é acreditar que, mesmo diante da limitação, a única impossibilidade é desistir.

Superar não é realizar um ato grandioso, um feito para ser visto por tudo e por todos. Superar não é só segurar um troféu. Superar é esperar apoiá-lo nos braços que um dia trabalharam para consegui-lo. 

E, de verdade, qualquer um supera. Supera um medo, um obstáculo na rua, uma prova complicada, um desafio no trabalho. Supera o tempo curto, o prazo apertado. Tudo, qualquer um é capaz de superar.

Superação é, então, olhar. Uma questão de ótica pura. De como você olha para o seu problema, de onde você busca a sua solução. Superar é errar — e aprender o que fez de errado em cada tentativa falha. 

Superar é corrigir. É buscar melhorar, é ir a fundo em cada pequeno detalhe. É empilhar o pouco a pouco e ter escada para alcançar o muito. Superar é criar experiência. É, degrau a degrau, aprender consigo mesmo um outro lado da vida.

Superar é dar um passo. Um só. Um seguido de outro. De um. Um a mais. Outro a mais. E outro novamente. Superar é prestar atenção no caminho, é enxergar o limite, é transpô-lo. O limite é a superação.

Superar é ser curioso, é querer ver além do limite, é buscar aprendizagens que cada vez mais salutares lhe sejam ao progresso. Superar não é muito, é pouco. A superação é a corrida em que muitos esperam vislumbrar a medalha da linha de chegada, mas poucos lembram-se de caminhar no ritmo certo durante a ida. 

Larissa Mariano

Um comentário: